Agricultura biológica

Em que consiste?

 «A Agricultura Biológica é um sistema de produção holístico, que promove e melhora a saúde do ecossistema agrícola, ao fomentar a biodiversidade, os ciclos biológicos e a actividade biológica do solo. Privilegia o uso de boas práticas de gestão da exploração agrícola, em lugar do recurso a factores de produção externos, tendo em conta que os sistemas de produção devem ser adaptados às condições regionais. Isto é conseguido, sempre que possível, através do uso de métodos culturais, biológicos e mecânicos em detrimento da utilização de materiais sintéticos.»

Codex Alimentarius Comission, FAO/WHO, 1999

Ecológica:

Baseia-se na interacção dinâmica entre o solo, as plantas, os animais e os humanos, e num funcionamento do ecossistema agrário, recorrendo a práticas, tais como:

  • Rotações culturais,
  • Adubos verdes
  • Produtos/estratégias biológicas, contra pragas e doenças (sem comprometer a biodiversidade e equilíbrio do ecossistema)

Sustentável:

  • Permite manter e melhorar a fertilidade do solo a longo prazo, preservando os recursos naturais: solo, água e ar e minimizar todas as formas de poluição que possam resultar de práticas agrícolas;
  • Permite reciclar restos de origem vegetal ou animal de forma a devolver nutrientes à terra, minimizando deste modo o uso de recursos não-renováveis;
  • Permite depender de recursos renováveis em sistemas agrícolas organizados a nível local. Assim, exclui a quase totalidade dos produtos químicos de síntese como adubos, pesticidas, reguladores de crescimento e aditivos alimentares para animais.

Socialmente responsável

 

A Agricultura Biológica une os agricultores e os consumidores na responsabilidade de:

  • Produzir alimentos e fibras de forma ambiental, social e economicamente sã e sustentável;
  •  Preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais;
  • Permitir aos agricultores uma melhor valorização das suas produções e uma dignificação da sua profissão, bem como a possibilidade de permanecerem nas suas comunidades;
  • Garantir ao consumidor o direito à escolha, na medida em que os produtos de Agricultura Biológica não são irradiados nem geneticamente modificados (OGM), nem contêm resíduos resultantes da aplicação de pesticidas;
  • Garantir ao consumidor, no caso dos produtos animais, que estes são produzidos respeitando princípios éticos, necessidades e comportamento natural da espécie, em regime extensivo ou semi-intensivo; são alimentados de acordo com a sua fisiologia, com produtos sãos, de preferência provenientes da própria exploração.

http://www.agrobio.pt/agricultura_biologica.php

 

Sobre biommmf

Quatro alunas awesome, muito dedicadas a biologia, a lutar pelo 20 !
Esta entrada foi publicada em Agricultura, Unidade IV. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s