Agricultura Intensiva

O que é a agricultura intensiva?

  • A agricultura intensiva é um sistema de produção agrícola que faz uso intensivo dos meios de produção e na qual se produzem grandes quantidades de um único tipo de produto. Requer grande uso de combustível e outros produtos químicos, o que pode acarretar um alto impacto ambiental, pois não é utilizada a rotação da terra (desmate, queimada, plantio, esgotamento de solo, abandono e reinício do processo noutra área).
  • Por regra está associada ao uso abundante de pesticidas, herbicidas, fungicidas e adubos, bem como a tecnologias de rega e/ou de criação de condições artificiais de ambiente, como é o caso das estufas. Em alguns casos, a qualidade do solo é pouco determinante, pois grande parte de nutrientes é fornecida com adubos incorporados na água de rega.

  • Apesar de resultar em produtividades mais significativas do que os sistemas tradicionais, este tipo de agricultura pode resultar, a médio prazo, no empobrecimento absoluto do solo ou na sua contaminação com substâncias químicas indesejáveis, tendo como consequência o decréscimo progressivo das produções. A adição excessiva de adubos causa também problemas de qualidade da água nas linhas de água e albufeiras, e o uso exagerado de pesticidas diminui a biodiversidade, uma vez que mata quer as infestantes, quer os organismos (animais e plantas) que poderiam ser benéficos para as culturas agrícolas.Além disso, o carácter mono específico deste tipo de agricultura afecta, de forma drástica, a diversidade biológica, uma vez que se procura eliminar qualquer espécie animal ou vegetal que possa afectar as produções das culturas, o que resulta, muita vezes, na eliminação indirecta de muitas mais.

  • A agricultura intensiva pode levar, e leva na maioria dos casos à sobre exploração do terreno agrícola, algo que pode ser visível pela desflorestação, que consiste no desaparecimento de massas florestais, e cuja consequência é o desaparecimento de absorventes de dióxido de carbono, reduzindo-se a capacidade do meio ambiente em absorver as enormes quantidades deste causador do efeito estufa, e agravando o problema do aquecimento global. A sobre exploração reflecte-se também através da salinização dos solos, que é o processo de acumulação no solo de sais solúveis de sódio, de magnésio e/ou de cálcio e resulta na redução da fertilidade do solo, bem com a sua poluição.

 

 

Sobre biommmf

Quatro alunas awesome, muito dedicadas a biologia, a lutar pelo 20 !
Esta entrada foi publicada em Agricultura. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s