Tabaco causa Infertilidade Masculina

28.05.2007

As substâncias químicas do tabaco  fragmentam o material genético dos espermatozóides e podem causar infertilidade masculina, conclui um estudo do Instituto Valenciano de Infertilidade (IVI) e do Hospital Teresa Herrera, em Espanha.

“O cigarro contém 4722 substâncias, como gases, vapores orgânicos e compostos químicos que são, sem dúvida, os responsáveis pelas rupturas”, disse Sérgio Reis Soares, Director do IVI Portugal.

“Outros responsáveis são os Radicais livres, moléculas produzidas pelo metabolismo normal do oxigénio, que aumentam nos homens fumadores pelo processo de combustão do tabaco”, disse.

A fragmentação do ADN masculino é causada pelo hábito de fumar, sendo mais acentuada naqueles que fumam mais de um maço por dia (20 Cigarros ).

No estudo foram analisados cem homens inférteis, que foram submetidos a tratamentos de reprodução assistida.

A equipa de especialista concluiu que, ainda que a produção de espermatozóides de um homem fumador seja normal, as rupturas do ADN podem impedir a gravidez mesmo que sejam submetidos a tratamentos de reprodução assistida.

É a qualidade do material genético dos espermatozóides que possibilita ou não a existência de uma gravidez, pelo que, de acordo com o estudo, as possibilidades de gravidez são mais diminutas entre os fumadores.

Por outro lado, metade do material genético é transmitido pelo espermatozóide ao bebé.

Mário Sousa, investigador do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, no Porto, disse que o tabaco também provoca a perda de Mobilidade dos espermatozóides, o que por sua vez contribui para a infertilidade.

“As substâncias do tabaco e sobretudo do papel do cigarro induzem sofrimentos ao nível das membranas das células provocando dois tipos de lesão causadoras da infertilidade masculina: a perda de mobilidade do espermatozóide ou a fragmentação do ADN — material genético”, acrescentou.

“Com a fragmentação do material genético, o espermatozóide perde a sua capacidade para fecundar, o que, consequentemente, torna o homem infértil”, disse o especialista, acrescentando que os resultados deste estudo já são do conhecimento dos investigadores e médicos da área da infertilidade.”

FONTE: http://www.srsdocs.com/parcerias/revista_imprensa/publico/2007/p_2007_05_30_04_k.htm

Sobre biommmf

Quatro alunas awesome, muito dedicadas a biologia, a lutar pelo 20 !
Esta entrada foi publicada em Influência dos factores externos na espermatogénese com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s